Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Corsário e a Ciência

Textos de divulgação científica e reflexões sobre Ecologia da Saúde, à luz da teoria evolutiva ultradarwinista:

O Corsário e a Ciência

Textos de divulgação científica e reflexões sobre Ecologia da Saúde, à luz da teoria evolutiva ultradarwinista:

24.12.14

O Corsário será o Inimigo, pois Ciência aqui não mais haverá.


Sérvio Pontes Ribeiro

Ministérios loteados, simples assim, distribuição do poder e da influência e nenhum cuidado técnico. A menos, claro, que haja de fato um projeto de totalitarismo, onde as bases não importam mais, e a máquina vai ser untada para a sociedade servi-la, servir ao Governo Total, e não o contrário. E há.

Vou especificamente no nosso desastre: Cid Gomes para Educação, Aldo Rebelo para Ciência e Tecnologia, e Kátia Abreu para Agricultura. O horror genocida e ecocida que a Kátia vai promover está mais que debatido aqui, bem como o desastre privacionista ou coisa pior, mero sucateamento da Educação, por Cid Gomes também.

Quero falar de Aldo Rebelo. O Aldo truculento, surdo, indiferente aos contrários, que instalou o Cógido do Desmatamento, agora manda na Ciência brasileira. Herdeiro de uma visão de extrema esquerda guerrilheira, ultrapassada e brutal, um ditador do proletariado sem ouvidos para o proletário, vai converter as nossas agências em postos de fisiologismo e balcões da construção política e tendenciosa de um conhecimento funcional e sem liberdades - pode contar estas favas. A ciência no Brasil vai minguar, toda aquela que não servir aos interesses da máquina fisiologista, pode contar estas também. Aquele que for contra, vai ser perseguido. Pode contar mais estas.

E nesta linha, veja o a pérola: "O deputado define a teoria do aquecimento global como incompatível com o conhecimento contemporâneo" (veja mais em http://www.mudancasclimaticas.andi.org.br/node/1519/). Ele foi posto alí pelo mesmo motivo da Kátia: vamos destruir todos os recursos naturais para gerar desenvolvimento com  máximo de poluição e mais dinheiro em menos tempo. Seremos a China, mas o Planeta não vai sobreviver ao Brasil se tornar China. Vamos poluir mais que nunca, para produzi um mundo igual e perverso, com o mínimo igualitariamente distribuído para todos, com enorme custo ambiental, como fazem todas as ditaduras de esquerda.

Assim, se você ainda tem apresso tanto pela Dilma, pelo PT e por mim, não fale de Dilma e PT comigo, a menos que seja para dizer que já se arrependeu. Se vier defendê-la eu vou ser grosseiro e mal educado com você, vou comprometer nossa boa amizade. Nos poupe. Antes Aécio que isto? Sim, antes fosse. Hoje haveria oposição.